Você empresta seus livros?

Estava conversando com uma amiga sobre esse tema e resolvi estender a discussão ao blog. Não pense que é um tema simples, porque acredite, para a maioria das pessoas não é.


    
Por um lado, você pode pensar: Porque não?! Afinal, você já leu o livro e ele está ali na estante sem ser utilizado. Você também pode acrescentar a seu pensamento o fato de que todo ônus tem um bônus, e que se você empresta seus livros para determinada pessoa, ela lhe emprestará também.  Vale a pena lembrar que os livros não têm preços tão acessíveis quanto queríamos, e que se formos ler apenas o que compramos ou gastaremos muito ou leremos pouco. Infelizmente é um fato.
Como tudo tem dois lados, vamos ao outro ponto.  Você pode emprestar seu livro para alguém que não vai ter nenhum cuidado com ele e que irá devolvê-lo amassado, rasgado, sujo ou até mesmo não devolvê-lo porque o perdeu.

É aí que surge a duvida eterna: emprestar ou não emprestar, eis a questão!


Bem, trouxe para vocês o ponto de vista de algum dos meus amigos. Todos falaram um pouco sobre como funciona para eles o empréstimo de seus livros, mas, nada mais justo que começar exibindo minha própria opinião. 
Eu sou suspeita para falar sobre o assunto, uma vez que sou extremamente enjoada com meus livros (às vezes até demais, confesso). Sou do tipo de pessoa que os guarda com o maior cuidado e sei de cada arranhão presente na capa de cada um deles, e não, isso não é exagero. Você provavelmente deve estar achando que sou louca (e talvez eu seja um pouco), mas, não acho justo pagar caro por um livro e cuidar dele para que venha alguém de fora e estrague.
Antigamente (e hoje em dia ainda é assim, mas, em menor proporção) se eu via que a pessoa toma cuidado eu emprestava sem o menor problema, porém, se eu não sabia se ela era cuidadosa e esta pessoa vinha com a frase: “Me empresta esse livro?”, mesmo por dentro eu dizendo um sonoro e grande NÃOOOO, por fora eu simplesmente falava: claro. O resultado disso? Pessoas já me entregaram livros sujos, rasgados, com a capa toda marcada, cheio de orelhas... mas, esses ainda entregaram.
Tiveram algumas pessoas que perderam meus livros. Isso mesmo, perderam e ainda vieram com um simples: desculpa, eu não sabia que você se importava tanto. NÃAAO, imagina, eu não me importo. Emprestei pra você exatamente para você perder, porque meu dinheiro não vale nada mesmo! ¬¬ (desculpem a revolta), enfim. Foi aí que fui ficando cada vez mais chata para emprestar livros. Só empresto mesmo pra quem confio e que sei que vai cuidar. 

Por isso, se eu já te emprestei um livro, ou disse que emprestava, se considere da minha confiança, e sem sombra de dúvidas, meu amigo! Kkkk’ 

Esse é apenas o meu ponto de vista. Vou mostrar para vocês algumas opiniões recebidas e ao fim deste pequeno artigo, convido a cada um dos que estão lendo a comentarem sobre como é para vocês o emprestimo de livro.

O primeiro a expor sua opinião foi o Marcos Barbosa, do Boy of Books.

“Eu só empresto para parentes que leem e que sei que cuidarão bem ,mas, sou muito ciumento com eles  ”

    Ou seja, empréstimo para amigos e pessoas que visitam a casa dele não vão rolar.

Perguntei também para uma amiga aqui da cidade, a Fabiola, com quem eu me identifiquei muito.

“Ah! famosa frase  “Me empresta um livro?”. Claro, caso eu conheça a pessoa e saiba que  ela lê e toma MUITO cuidado com os livros, empresto sem pestanejar. Mas o ruim é quando você nunca emprestou e sabe que a pessoa não lê. É definitivamente nesses momentos  que fico com vontade enorme de dizer: “Não.” Com toooooda a minha delicadeza. ^^ haha'
Mas, como uma pessoa boba que sou, e que não sabe dizer não à ninguém, sempre empresto... =/ e com isso  vê-lo voltar para casa dobrado, amassado e sujo é simplesmente um pesadelo.Todo mundo que me pede um livro ganha um livro e um discurso: "Cuide deste livro como se fosse sua vida'' . Tenho cuidado com os dos outros, espero cuidado também.
Graças a Deus existe pessoas que toma o maior cuidado e devolve rápido. Por que não? Eu pego emprestado também, e trato os livros dos outros melhor do que trato os meus.”



 Temos também a opinião da minha amiga Marília:
 
“Emprestar livro é muito complicado... eu, particularmente, não gosto muito.. depende muito da pessoa! Se for uma pessoa que eu sei que tem cuidado, que trata bem os livros, eu empresto. Se eu perceber que a pessoa é toda desleixado não empresto! Se estou em duvida, empresto, se fez qualquer coisinha com o livro, nunca mais empresto. É meio egoísmo, mas tenho muito cuidado com meus livros pra qualquer um pegar e estragá-los. Enfim, é muito complexo!”

 Ok, me senti agora, porque a lila já me emprestou livros dela kkk’

             E para finalizar, a história mais triste, narrada pela Amanda e que me deixou sensibilizada (sem ironias). Deixei da maneira que ela me mandou por email:

“Deixem a tia Amanda contar uma história triste para vocês. Esse ano eu estava tendo literalmente as piores férias da minha vida (o que não vem ao caso no momento, nem em momento nenhum, aliás).

Meu pai estava viajando e sensibilizado com a minha situação, resolveu me dar um presente. Um não, na verdade vários. Nessa viajem dele, ele conseguiu cinco livros do Nicholas Sparks autografados e trouxa pra pobre filha dele, lê-se, eu. No momento em que ele me entregou os livros, minhas férias passaram de piores para melhores. Sério. Não sou de gostar muito de livros de romances sem comédia não, mas, o Nicholas Sparks me fez gostar de todos os seus livros até hoje, e acabou se tornando meu escritor preferido. Enfim, vamos ao desfecho triste da história. Minha cunhada que vive aqui em casa (uma das, imaginem só, tenho quatro delas) pediu o The notebook emprestado. Disse não umas dez vezes, na décima primeira emprestei.
Ela parou de vir aqui uma semana depois, e eu vi que tinha algo errado. Depois de eu ligar insistentemente, ela me atendeu e disse que ia lá em casa no sábado. E foi. Com meu livro.
O que há de errado então? MEU LIVRO.
Ele voltou todo acabado. Ela deixou tomar chuva e ele não virou nada. Foi-se o autógrafo, o livro, e a minha amizade com ela. Ela me deu outro livro, igual. Mas, ele não veio autografado, não era o mesmo livro nem era presente do meu pai. Isso resumindo a história, sem contar os palavrões, coisas voando e tudo isso que demonstra muita classe e amor familiar.
Podem me chamar de egoísta, mas, não empresto mais meus livros de maneira alguma. Porque por mais cuidado que a pessoa tenha, pode ocorrer um imprevisto, e você acaba perdendo o livro e a amizade.
Se for emprestar, certifique-se que a pessoa cuida tanto dos livros como você, porque do contrário, você só passa raiva. E NUNCA, guardem bem, NUNCA empreste o livro autografado do seu autor preferido. Hoje em dia são poucas as pessoas para quem empresto (na verdade, para os meus pais, mas, eles não contam, afinal, eles pagam os livros) , e NÃO, MINHA CUNHADA NÃO ESTÁ ENTRE ESSAS PESSOAS.”


33 comentários:

  1. eu sempre empresto. o problema: ele sempre volta diferente, ou um pouquinho amassadinho ou mal cuidado mesmo. pra quem inssite em carregar prá lá e prá cá na mochila, por exemplo, procuro emprestar só os poucos de capa dura que tenho.
    Mas acho q não dá pra comprar, ler e deixar só lá na estante, bonitinho. Um livro tem que viajar, tem que tocar o máximo de pessoas possível e valer o quanto custou!
    bjuus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pollyana! Não estou conseguindo comentar por isso vou responder um comentário.
      Essa questão é um dilema. Um vez emprestei um livro antigo, daqueles que tem história, dedicatória...e ele voltou bem estragado. Desde essa vez decidi não emprestar mais nada. Sou tão - ou até um pouco mais - neurótica com meus livros como você. O pior é que as pessoas vem aqui em casa e olham o livro na estante. Ai é a parte difícil de negar. Mas eu consigo, mesmo aguentando cara feia.
      No ano passado emprestei Diário de uma paixão, para um pessoa de confiança, que ainda não me devolveu. Amo tanto aquele livro! Não sei o que fazer. Espero que o livro volte bem.

      Ótimo post!

      Máh - Storm of books.

      Excluir
  2. Eu empresto mas depende pra quem, já emprestei um novinho, não tinha nem lido, e veio com a capa terrivel e as folhas amassadas, pra essa pessoa não emprestarei mais. Tenho três livros que estão emprestados, mas para pessoas que cuidam muito, então estou despreocupada.
    Os livros são extremamente importantes pra mim, por isso quero que sejam bem cuidados, pode ficar um tempão, não me importo, mas tem que vir direitinho como foi.

    Beijãoo

    ResponderExcluir
  3. Eu sempre empresto, e acabei perdendo alguns, voltando amassado e com pequenos defeitos, mesmo assim refiro emprestar. Afinal de contas os livros foram feitos p circular

    ResponderExcluir
  4. Nossa!!! Também já me devolveram danificado...fico com ciúmes...quando eu era pequena emprestei um para uma amiga e ela recortou as imagens. Acredita? Agora sou muito cuidadosa rsrsrsrs Adorei seu post!!! Muito mesmo! Beijinhos e bom final de semana

    http://amazoniaumcaminhoparaosonho.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Adorei a ideia do post! \o
    Eu empresto, dependendo bem da pessoa (geralmente, só minha família), porque ninguém merece receber o livro que você tanto gosta amassado, sujo, arranhado. O que me incomoda é gastar dinheiro com um livro que você gosta, e alguém tratar ele sem o minimo de cuidado. Se cuidar bem, pode demorar pra ler, desde que não se esqueça de devolver kkk.

    muito bom o post viu? :)
    yago.

    ResponderExcluir
  6. O marido ciumento; sim, esse sou eu com os meus livros =3

    ResponderExcluir
  7. Ótimo post... Então, eu sou super ciumenta com meus livros também!
    Eu só empresto para uma amiga,e m que tenho tamanha confiança e digo NÃO para os outros super na cara...
    Já rasuraram um livro meu, então fiquei assim!
    Mas agora na faculdade , vou emprestar sim meus livros, antes só convivia com uma pessoa, agora tenho mais amigos (:
    Beijão!

    enfimdeasasabertas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Esse tema é bem complicado mesmo, como disse sua amiga Marília, acho complexo. Concordo que o livro deve viajar, ser bem lido e tudo mais, mas, acho que no mínimo, ele tem que voltar como emprestamos. Não ligo de emprestar, desde que me devolvam tal qual emprestei, e se não for assim, nem cogite pedir. Chamem de egoísmo, pão duragem, chatisse, mas, quem gasta o dinheiro comprando o livro que sabe o quanto ele vale (tirando a parte emocional). Agora, não podia deixar de comentar, que tinha que ser com a Amanda que aconteceu isso (apesar de eu acreditar que a leitura dela se baseava no kama sutra aoksoskoasopa'). Sério, isso é castigo divino por toda a libertinagem da vida dela e /mentira okaskosokops' Sério, que se fosse você, matava sua cunhada. Um livro autografado do Nicholas e ela faz isso? PQP, se fosse no meu caso (que nunca vai ser, porque a chance de conseguir um livro dele autografado é uma em dez bilhões),eu só ficaria mais nervosa se fosse do Rick Riordan, mas, eu mataria ela mesmo assim, mesmo isso não trazendo o livro de volta.

    ResponderExcluir
  9. kkkkkkkkk
    amei o post cara, eu pensei que só eu fosse enjoada a ponto de ter ciúme dos livros, pois é, eu tenho ciúme, e daqueles doentios, chego a passar mal quando algum amigo vem e fica olhando minha estante e perguntando qual livro eu já li, acaba que eu falo que não li nenhum, só para não emprestar...rs
    eu sou muito cuidadosa, só falta eu ler os livroscom luva, para não marcar com a digital...kkkkk e sou chata ao extremo. As duas vezes que emprestei me arrependi: uma amiga deixou a sobrinha amassar a capa e teve a cara de pau de me devolver assim. E a outra, que era minha melhor amiga da faculdade, nunca me devolveu o livro, já fazem 4 anos que emprestei e sei que se eu perguntar ela nem irá lembrar.
    Ultimamente só tenho emprestado pra minha irmã mais nova (isso porque ela mora ao lado da minha casa, e aprendeu a ter cuidado comigo), fora isso, emprestei o meu A morte e vida de Charlie St. Cloud, um dos meus preferidos, para uma amiga que fez faculdade comigo, mas eu quase chorei quando dei, e ela ainda sentiu e falou: você não quer me emprestar né? rs isso porque ela nunca teve cuidado com as coisas, eu lembro que as minhas matérias da facul que eu emprestava pra ela, ficavam jogadas no chão do carro, mas espero que ela me devolva ele com vida (e todas as folhas intactas)
    Não adiante, ninguem tem o mesmo cuidado que a gente tem com as nossas coisas, como diria a minha mãe: quem empresta, não presta...rs
    E eu tmb não empresto nada pra minha cunhada, jamé...rs
    bjos

    @Mybooklit

    ResponderExcluir
  10. Ótimo post e que todos deveriam ler, afinal, pode ser uma "lição"
    No meu caso, no inicio, eu emprestava os livros sempre que pediam, afinal, nunca conseguia dizer não. Até que emprestei pra uma pessoa e esta não devolveu; emprestei pra outra e esta não devolveu; emprestei pra outra e ele voltou sujo e muito mal cuidado. Desde então só empresto para familiares, e ainda assim, com um pé atrás. O mais tenso é tomar cuidado desde o inicio, e quando emprestar ....

    E como o Marcoos disse: "O marido ciumento; sim, esse sou eu com os meus livros =3" [2]

    Parabéns pelo post :D
    Abraços
    Ricardo - www.overshock.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Polly adorei seu post! Muito bem criado e com um tema que todos nós leitores vivenciamos...eu particularmente não gosto de emprestar livros..pode ser até egoismo da minha parte mas não suporto olhar pra minha estante e ver que esta faltando algum, :/ mas empresto dependendo da pessoa...pessoas cuidadosas que conhecidas que não tem um bando de irmão pequeno pra ficar mexendo e animais que não fuxicam cada canto da casa, ai sim eu empresto...fora dessas condições nem em sonho até pq os livros são bem caros e se nós que somos os donos, zelamos, não é justo vir alguém e não zelar tb!

    Beijos
    Amanda

    ResponderExcluir
  12. Eu empresto para pouquíssimas pessoas!
    Para minha prima, porque ela cuida. Mas mesmo assim eu tenho dó.
    Para a minha outra prima e para a minha avó eu não empresto de JEITO NENHUM! Elas não cuidam nenhum pouco.
    Tenho receio de emprestar, mas não sei dizer não.
    Emprestei para uma colega da minha escola e quando ela me devolveu, as folhas estavam sujas, amassadas e ela havia MOLHADO o livro!
    Fiquei super braba e nunca mais emprestei.
    Hoje eu sou bem seletiva.
    Parabéns pelo post.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oi Polly,

    Ah esse tema tem muito pano pra manga viu hahahaha
    Então eu poso ser louca um pouca também sabe, tenho maior cuidado com os meus livros rs...
    mas sério emprestei alguns livro e nunca mais voltaram para cá e as as pessoas sumiram :(
    Então me revoltei, mas sabe não sei falar não ai fico com um aperto no coração e desconverso fazendo assim a pessoa esquece rs isso funciona hahaaha
    Ah fala sério não vou emprestar pois eles nunca voltam :(


    Beijo
    http://marifriend.blogspot.com/
    @Storieandadvic

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho um ciúme sem tamanho dos meus livros. É muito raro emprestar, sério. Já tive experiências muito ruins com alguns livros que são meus preferidos e os recebi meio maltratados e infelizmente acabei falando com a pessoa e ela ficou chateada comigo porque reclamei do modo que recebi o livro.

    Enfim, hoje em dia empresto apenas para pessoas que sei serem cuidadosas com as coisas, principalmente com as alheias.

    Ótimo tópico e dá para encontrar opiniões tão divergentes, né?

    Adorei o blog e quero saber todas as novidades! Já estou seguindo. Espero que curta o meu!
    http://www.pronomeinterrogativo.com

    ResponderExcluir
  15. Ola eu gostaria de colocar essa postagem no meu blog sera que voce poderia me dar permissao achei muito interessante... (Eu acabeide fazer um blog e nao tenho ideia do que fazer) c voce pudesse me dar umas dicas eu ficaria muito agradecida

    ResponderExcluir
  16. rola sempre aquele ciumes dos livros kkk mas eu empresto se tiver certeza que a pessoa vai ter cuidado com ele.

    Passa no meu blog? Tem Promoção Nova:
    http://www.just-livros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Gostei bastante do debate, então vou deixar a minha opinião.
    Eu sempre empresto livros, mas aclaro, não para qualquer um. Tenho de confiar na pessoa para emprestar meus amados livros que cuido com tanto carinho! *_* AHUAHUAH'
    E se o livro voltar com um amassado a mais, ou coisa do tipo nunca mais empresto! Mas no geral gosto sim de emprestar. Um exemplo é meu Jogos Vorazes. Ele está bem velhinho já, não com amassados ou rasgões, apenas marcar que dizem que ele já fui muito lido e fico feliz com isso! Até pq eu mesmo que insistia para que as pessoas lessem ele, pois AMEI o livro e queria compartilhar isso... Então mesmo ele estando um pouco velho fico super feliz com isso! =D
    Livros não são para ficarem parados na estande. Lidos um vez ou só por uma pessoa, é o que eu acho. Então empresto sim os meus e fico muito feliz em emprestar. Afinal, vejo muita gente que gosta de ler reclamando que temos poucos leitores no Brasil, mas tem um meio de ajudar a diminuir isso e não o fazem!
    Então empresto meus livros sim, mas claro, faço sempre o discurso de Madame Pince:

    "Se você remover folhas, rasgar, picar, vincar, dobrar, deformar, desfigurar, sujar, manchar, jogar, deixar cair ou de qualquer outra maneira danificar, maltratar ou demonstrar falta de respeito com este livro, sofrerá as piores consequencias que eu puder lhe infringir."

    AHUAHAUHAUAHU' Abraço! (: - OLM

    ResponderExcluir
  18. Eu tbm tenho ciúmes dos meus livros... Mas, se sei que ele vai ser bem cuidado, eu empresto.
    Adoooro seu blog, flor...
    Um maravilhoso feriadooo...
    Bjkas

    ResponderExcluir
  19. Eu também mooooorrooo de ciúmes dos meus livros!
    E também não empresto nenhum!
    Já cheguei a emprestar, mas meu livro veio todo destruído.
    Amei o post!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Eu só empresto meus livros pra quem eu sei que vai ter cuidado!! Geralmente pessoas viciadas em leitura como nós! :) rsrsrrs
    Uma vez emprestei meu livro Lua Nova da série Crepúsculo e ele voltou com a capa detonada. :(

    Achei super interessante esse post... tem muita gente que pensa que quando não queremos emprestar é por egoísmo, mas não é!

    Beijoos.
    http://devoramoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Olá. Acabei de colocar um post no meu blogue exactamente sobre esse assunto e na busca de umas fotos, apanhei o seu.
    Além de o risco que existe em se perderem, existe o risco do dano. Os queridos livros que tratamos com todo o cuidado, podem vir amarrotados, sujos, vincados, rasgados!! Não gosto de emprestar, como diz no seu post: por dentro grito um NÂO em maiúsculas, quando por fora sai um sim no numero mais pequenino de Font que existe.
    Custa-me não emprestar, na verdade, porque é bom saber que alguém lê o mesmo e ouvir opiniões, mas há sempre um receio...

    ResponderExcluir
  22. Bom.. que assunto polêmico ein Polly??

    Bom.. eu posso dizer que me senti honrada por pegar seus livros emprestados! Hahaha!
    Mas isso é sério! Desde sempre minha mãe me fala que deve-se tomar cuidado dobrado com os objetos que pegamos emprestado dos outros. E ela tem razão!
    Não tenho mts livros, mas os poucos que tenho empresto com o maior prazer, mas sempre sabendo que ele voltará do jeito de saiu da estante, se bobear até melhor! Empresto pra meus amigos sem falar nd, pois sei que eles voltarão em perfeito estado!
    Assim como gosto de devolvam meus livros perfeitos, devolvo os livros qe pego emprestado perfeitos também, pois com isso, as pessoas confiam mais em mim e me dão mais abertura para posteriormente pegar mais livros que me interessarem! Não é msm Polly? Hahaha :D

    Agr um comentáio a parte: Eu mataria a cunhada da Amanda se fosse ela!! Sério.. eu matava com minhas proprias unhas! Uma vez emprestei um livro pra uma menina, e a desgraçada custou a me devolver, eu perguntei se ela tava gostando e tal e sabe quando vc sabe que a pessoa nem leu? Pois é.. foi bem issoe pra completar, devolveu i livro todo "arreganhado", sorte que quando voltei com ele pro lugar ele deu uma "desarreganhada"! kkkkk! Seria engraçado se não fosse trágico, mas é beeem trágico!!

    Bom.. é isso! Só empreste suas coisas pra quem vc confia e cuide dos objetos dos outros como se fosse seu, ou melhor que se fosse seu!

    ResponderExcluir
  23. Eu sou SUPER ciumenta com meus livros. Hoje em dia, é MUITO difícil eu emprestar pra alguém, porque já tive experiências muito ruins com isso e realmente não quero passar por isso de novo.

    Parabéns pelo post! E pelo blog, estou seguindo!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bom?
    Adorei o post, acho esse um assunto importante.
    Eu não gosto muito de emprestar, digo mesmo! Mas empresto para quem sei que vai cuidar dos meus livros, mas não gosto muito de pegar emprestado, fico com raiva tendo que devolver kkkk
    Mas cada um tem seu jeito né?
    Território das garotas
    @territoriodg
    Bjss *-*
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Amei o post!
    Eu só empresto pros amigos que confio.. que no caso são dois haha. Nos outros casos, eu enrolo um pouco e acabo não emprestando não.
    Bjs

    http://serieslivroseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Ri demais com o post pq lembrei dos meus "casos" de empréstimos de livros hahahah
    Eu não me vejo como uma pessoa egoísta por não emprestar coisas.. eu não empresto pq sempre me devolvem as coisas estragadas e isso não se resume apenas aos livros =(
    Também me sentia super sem graça de dizer um sonoro "NÃÃOO!" quando me pediam livros emprestados e acabava emprestando, mas hoje eu não estou nem aí e não empresto mesmo hahah só conheci 1 pessoa até hoje, sem contar os meus pais, que cuidou bem dos meus livros e eu sempre emprestei sem emdo pra essa amiga.
    Cheguei ao ponto de mentir pra uma outra amiga que meus livros da série Gossip Girl estavam com as minhas primas que na época moravam no interior só para não emprestar pq essa amiga sempre me emprestava os dela e todos estavam sujos e amassados... uma pessoa que não cuida bem das próprias coisas eu dúvido que vá cuidar das minhas, né? hahhahaha Me sinto mal lembrando disso, mas eu tinha motivos, sério!

    ResponderExcluir
  27. Poxa ja faz 4 meses que emprestei um livro pra minha amiga e ela não me devolveu, ja liguei pra ela, que sempre diz que vai me entregar de volta, ja to com raiva e preocupada com meu livro, penso que aconteceu alguma coisa com ele ...
    Eu confio nela, pois afinal das contas ela cuida muito bem dos meus livros e quando um livro meu esta com ela, fica somente com ela, ela não mostra pra ninguem e não deixa ninguem pegar ... tenho cofiança nela .. mais meu livro tem que voltar :'(

    ResponderExcluir
  28. NÃO GOSTO DE EPRESTAR MEUS LIVROS , MAS COMO TRABALHO NUM SHOPPING ,E TENHO MUITAS AMIGAS , ELAS FICAM ME LIGANDO PEDINDO MEUS LIVROS EMPRSTADO QUANDO NAO TEM MOVIMENTO. NÃO EMPRESTO PARA TODA E TENHO NUM CADERNINHO QUAL LIVRO EMPRESEI PARA QUEM , TUDO ANOTADO . MEUS LIVRO FORAM TODOS ENCAPADOS COM PAPEL CONTACTO TRANSPARENTE E TODOS TEM A MESMA FRASE " EMPRESTAR É UM PRAZER(NEM TANTO )DEVOLVER É UM DEVER!!!!!

    ResponderExcluir
  29. Se eu empresto, pode ter certeza. Eu amo muito a pessoa!!!! Odeio emprestar livros porque quem pega nunca cuida bem dele. E se devolver, devolve todo destruído.

    http://lerimaginarcriar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. oi eu estou passando por um dilema tive um paquera de três meses e ele me emprestou 3 livros, sem eu pedir ele quis emprestar isso em 2004 como ele estudava em outra cidade perdemos o contato, aí passou um tempo ele voltou para a cidade e em 2007 encontrou minha irmã e comentou que viria em minha casa buscar os livros mais ela advertiu ele pois meu atual namorado sempre estava aqui em casa e poderia não gostar para ser mais especifica ainda estou com esse livros será que devolvo????

    ResponderExcluir
  31. Oi estou em um dilema tenho 3 livros emprestado do ex namorado desde 2004 e não devolvi antes porque ele estava em outra cidade estudando mais ele voltou,sera que devolvo depois de tanto tempo, um desses livros e do pai dele e foi das primeiras tiragens da década de 1940, mais tenho duvida passou tanto tempo não quero ser inconveniente!
    Por Favor Pollyana voce pode me responder o que faria diante dessa situação desde já obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi carol, tudo bom? Então, é complicado. Vou dar minha opinião ok? Eu acho que você deveria devolver os livros dele sim. Se não quer ir até lá pq poderia criar algum tipo de constrangimento, poderia mandar um moto taxi levar, ou até mesmo enviar pelo correio. Se eu estivesse no lugar dele, gostaria de ter os livros de volta ^^

      Bjs

      Excluir