#Quote de Quinta - 7


Olá pessoa, tudo bom com vocês?  Hoje trouxe um Quote de Quinta muuuito especial para vocês! O livro da vez é o maravilhoso O sol é para todos, da autora Harper Lee! Este livro ganhou o prêmio Pulitzer em 1961 e aparece na maioria das listas que nomeiam os melhores livros do século XX.

Ambientado em uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos, na década de 1930, o livro é narrado por Jean Louise, conhecida por Scout, uma criança de seis anos, filha do advogado Atticus Finch. O livro nos trás um retrato da época, apresentando seu tradicionalismo banhado de preconceitos pelos olhos de uma menininha de seis anos, que não consegue compreender as diferenças que a sociedade fazia entre as pessoas negras e brancas.

Um dos pontos principais do livro é quando Atticus assume o caso de um negro acusado injustamente pelo estupro de uma mulher branca. Vemos toda a situação se desenrolar através do olhos de Scout. Grande parte da população reprova a atitude do advogado uma vez que, aos seus olhos, era simplesmente um absurdo um branco apoiar um negro em um caso como esses.


Enfim! É um livro incrível, carregado de críticas sociais atemporais e que, ainda trazendo uma temática pesada, não deixa de lado a sensibilidade e a imparcialidade trazida pelos olhos de uma criança, que começa a descobrir os preconceitos incutidos na sociedade e a questiona-los.  Recomendo muito a leitura e deixo para vocês alguns trechos dessa obra, que deveria ser leitura obrigatória na vida das pessoas! 

Espero que gostem e que comentem ok? Beijos e até o próximo post!



_ Atticus, você deve estar enganado...
_ Por quê?
_ Quase todo mundo acha que está certo e que você é que está errado.
_ Essas pessoas certamente têm o direito de pensar assim, e têm todo o direito de ter sua opinião respeitada – considerou Atticus .  – Mas antes de ser obrigado a viver com os outros, tenho que conviver comigo mesmo. A única coisa que não deve se curvar ao julgamento da maioria é a consciência de uma pessoa.


_ Atticus, nós vamos ganhar?
_ Não, querida.
_ Então, por que...
_ Ainda que tenhamos perdido antes mesmo de começar, não significa que não devemos tentar

Eu não gostava de ler até o dia em que tive medo de não poder ler mais. Ninguém ama respirar. 


  Queria que você conhecesse um pouco, soubesse o que é a verdadeira coragem (...). Coragem é fazer uma coisa mesmo estando derrotado antes de começar, e mesmo assim ir até o fim, apesar de tudo. Você raramente vai vencer, mas às vezes vai conseguir.

_ Chora por causa de que, sr. Raymond? – Perguntou Dill, querendo se defender.
_ Por causa do inferno pelo qual algumas pessoas fazem as outras passarem sem nem pensar. Por causa do inferno pelo qual os brancos fazem os negros passarem, sem nem sequer pararem para pensar que eles também são gente. 

(...) Olha, Jem, eu acho que só existe um tipo de gente: Gente.

 _ Essa é a diferença entre os Estados Unidos e a Alemanha. Nós somos uma democracia e a Alemanha é uma ditadura. Di-ta-du-ra – disse, separando as sílabas. – Em nosso país ninguém é perseguido. A perseguição acontece em países onde há preconceito. Pre-con-cei-to – enunciou cuidadosamente – Os judeus são o melhor povo do mundo, não entendo por que Hitler não acha o mesmo.(...)
_ A srta. Gates é legal, não é?
_ Claro, eu gostava de ser aluno dela.
_ Mas ela detesta Hitler...
_ E qual o problema?
_ Bom, ela disse que ele trata os judeus muito mal. Jem, é errado perseguir alguém, não é? Quer dizer, não se deve nem pensar mal dos outros, não é?
_ Claro que não, Scout. Qual o problema?
_ Naquela noite, quando saímos do tribunal, a Srta. Gates estava descendo a escada na nossa frente, como você com certeza não a viu, ela estava conversando com a srta. Stephanie Crawford. Ouvi quando ela disse que estava na hora de alguém dar uma lição neles, que estavam indo longe demais, daqui a pouco iam querer casar com os brancos. Jem, como uma pessoa pode detestar tanto Hitler e depois falar isso de alguém daqui mesmo...? 


7 comentários:

  1. Esse livro é mega famoso e confesso que só a pouco tempo, após ler algumas resenhas positivas de amigas que confio na opinião (como vc) é que tive a curiosidade despertada, principalmente ao saber que o peso que o tema teria fica mais leve já que a narradora é uma criança com toda sua inocência e pureza. Enfim amei a indicação e com certeza pretendo ler o mais breve possível.
    Parabéns pela postagem, quotes só nos deixam mais ansiosos para conferir a história como um todo!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  2. Ooi
    Conhecia o livro mas não sabia muito sobre. Não tinha nenhum interesse em ler, até agora. Por saber que há críticas sociais chamou minha atenção. Vou acrescentar a lista.
    Beijoos!
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ooi
    Conhecia o livro mas não sabia muito sobre. Não tinha nenhum interesse em ler, até agora. Por saber que há críticas sociais chamou minha atenção. Vou acrescentar a lista.
    Beijoos!
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu já tinha visto esse livro em alguns blogs mais não sabia ao certo do que se trata. Eu adorei os quotes que você selecionou pois deu pra ver como é intensa e bem polêmica.
    Adorei o post.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Já vi esse livro algumas vezes na internet mas nunca tive a oportunidade de lê-lo e até então não sabia exatamente do que se tratava, apenas o conhecia de nome. Apesar de abordar um tema de certa forma pesado e cheio de críticas sociais, realmente me parece uma leitura obrigatória para todos. Acredito que todo livro tem algo a nos mostrar ou ensinar.
    Adorei os quotes que você destacou <3

    ResponderExcluir
  6. Ah! Pollyana estas histórias mexem muito comigo que sou uma pessoa totalmente contra preconceitos idiotas que minimizam e inferiorizam as vitimas, acho tudo muito lamentável. Agora, imagine uma criança de seis que realmente não entender isso. Bom, sua resenha está maravilhosa e me encantou. Claro que este já vai para minha lista.
    Os trechos que você selecionou são demais. Amei este: “Queria que você conhecesse um pouco, soubesse o que é a verdadeira coragem (...). Coragem é fazer uma coisa mesmo estando derrotado antes de começar, e mesmo assim ir até o fim, apesar de tudo. Você raramente vai vencer, mas às vezes vai conseguir.”
    Bjs
    Tânia Bueno Faces

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Esse livro é sensacional. Ele e o Cather in the Rye são duas das melhores narrativas que já encontrei até hoje. Adorei a seleção de quotes, são justamente essas que formam o ideal do livro. Adorei o post!
    Beijos, Bel
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir