Resenha #89: A caminho do altar

Título: A caminho do altar
AutoraJulia Quinn
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 317


Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.
O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.
Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?
A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.


Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje estou aqui para falar do desfecho de uma série que eu amo: Os Bridgertons! Vocês sabem que sou apaixonada por essa série da Julia Quinn, então, foi o tempo do exemplar ser lançado e eu corri para lê-lo. Depois? Uma ressaca literária e o sentimento de incapacidade de falar dessa série, que foi encerrada com chave de ouro. Vem comigo que vou tentar falar um pouquinho sobre a história de Gregory e Lucy.



Ao contrário da maioria dos homens que conhecia, Gregory Bridgerton acreditava em amor verdadeiro. (...) O amor existia. Não era um fruto insignificante da imaginação, inventado para que os poetas não morressem de fome. Podia não ser algo visível, palpável ou perceptível pelo cheiro, mas existia, e era apenas uma questão de tempo até ele também encontrar a mulher de seus sonhos.

Nesse exemplar, como já dito, temos a história de Gregory, sétimo Bridgerton nascido e que, após ver cada um de seus irmãos encontrarem o amor verdadeiro, não só acredita no mesmo como tem a convicção de que também encontrará aquela que o fará sentir tudo o que nunca sentiu por ninguém antes.

Quando ele põe os olhos em Hermione Watson pela primeira vez ele tem certeza que ela é à mulher de sua vida. Acontece que a moça já se encontra encantada por outro cavalheiro. Para sorte de Gregory, Lucy, a melhor amiga de Hermione se oferece para ajuda-lo a conquistar a amiga.

Tudo seria simples se Gregory não se apaixonasse pela moça que se dispôs a ajuda-lo e que já está prometida a outro homem, que mal conhece.


À partir daí. Nosso Bridgerton terá que correr contra o tempo para não deixar a mulher de seus sonhos escapar, nos proporcionando uma história divertida, apaixonante e cheia de reviravoltas.


Sempre que vou ler o desfecho de uma série, o faço com o pé atrás.  Sempre vi o último exemplar de uma série como algo extremamente importante já que novos leitores não se interessam por uma série de oito livros com um final ruim.

Quando peguei este livro para ler foi com ansiedade e receio. Já nas primeiras páginas percebi que toda preocupação era infundada, pois desde o início deu para perceber que Julia tinha feito um ótimo trabalho, criando uma história diferente das demais já apresentadas, mas, com a mesma narrativa fluida e encantadora.

O início de cada capitulo nos apresenta a história do casal contada em forma de romance, como se fosse um livro dentro do livro. Adorei isso no livro anterior e gostei ainda mais de ver a dose repetida nesse exemplar. Melhor que isso só nossa Gossip Girl vitoriana! Rs

Sobre a abordagem de amor à primeira vista de uma forma mais realista, bem, eu simplesmente adorei! Seria muito decepcionante se a história de Gregory fosse tão previsível. Ver a forma como Julia aborda esse sentimento após o deslumbramento inicial foi ótimo!

Neste exemplar não temos um “mocinho padrão” de romances de época. Gregory não é um ex libertido que acredita em um casamento apenas para procriação, muito pelo contrário, ele acredita de verdade no amor e o quer para si, com todos os seus prós e contras.

Lucy também é o oposto do que encontramos. Ela esta conformada com a vida que fora traçada para si, não vendo nada de mal em um casamento arranjado, com um companheiro que venha admirar e nada mais que isso.

Quanto aos dois como casal, é inegável a sintonia apaixonante existente entre eles. A história dos dois passa por reviravoltas que te deixa aflito e torcendo a todo momento para que tudo dê certo. Cheguei aos últimos capítulos com o coração na mão, confesso! Rs

Esse livro contém todos os elementos que amo em romances de época: mocinhos com personalidade, reviravoltas, romance de tirar o fôlego, união familiar, um enredo bem construído que te faz virar as páginas com um sorriso no rosto em alguns momentos e em outros roendo as unhas.

Enfim! Se você já iniciou a série, não pode deixar de ler esse livro. Se ainda não leu nada da série, bem, para tudo que está fazendo e vá lê-la! São oito livros que irão te conquistar completamente. Como não se apaixonar pelos Bridgertons?!

Não deixem de comentar ok? Vamos conversar um pouco. Beijos e até o próximo post!



12 comentários:

  1. Olá!
    Sou uma das poucas pessoas (acho) que nunca leram nada da série. Vejo muitas resenhas elogiando esses livros, porém nunca crio coragem de lê-la. O tamanho da série intimida um pouco e tenho medo que as histórias se tornem repetitivas, apesar de muitos gostarem dos livros.
    Esse parece ter uma história muito bonita. Um homem naquela época que realmente acredita no amor, é raro de se ver nos romances. Lucy parece ser uma ótima moça, apesar de se conformar com tão pouco. Ótima resenha!

    Abraços, Lara.
    http://imperioimaginario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gregory foi um dos personagens com menos destaque ao longo da série, por isso não sabia muito o que esperar de seu livro, mas por seu jeito especial de encontrar o amor ele se tornou meu favorito nessa divertida e ja saudosa familia
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá amoreca tudo bem?

    Então... já vi diversas resenhas dessa série e pra ser sincera não curto muito essas coisas de época sabe... mas... sua resenha me chamou a atenção e alguns aspectos, principalmente quando fala quão boa a série é... dá uma certa curiosidade na leitura...

    Parabéns pelas belíssimas fotografias.

    Beijokas!!!

    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu sou completamente apaixonada por essa série sem jamais ter lido qualquer um dos livros. Geralmente as pessoas não se interessaram por séries com muitos volumes e ainda mais se souberem que o final não é tão favorável assim. Mas acredito que eu vou amar ainda mais depois que ler e que o final para mim vai ser bom, pelo menos é essa a impressão que eu tenho antes de ler lido mas depois de ler é uma outra história kkk

    ResponderExcluir
  5. Olá ♥
    Assim como você, acho que o último livro de uma série precisa ser muito bem escrito, pois pode estragar todo o encanto que temos da história.
    Adorei conhecer sua opinião sobre o livro e gostei de saber dessas frases no início dos capítulos. Aliás, eu adorava a Gossip Girl vitoriana!
    Uma das coisas que mais gostei de ler em sua resenha foi saber que Gregory não é ex libertino.
    Vou ter que correr para ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. OI!!!


    Já li várias resenhas falando muito bem dessa série, ainda não entrei nesse mundo pq tenho outros obras que estou mais ansiosa. Entretanto parece que a autora não te decepcionou, pois o último da série correspondeu a expectativa e conta uma estória única, um mocinho que acredita no amor. Beijos e obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  7. Olá!! :)

    EU nunca li nada da autora e confesso que nao sinto la grande vontade de o fazer... ahah :)

    Ainda bem que gostaste do livro, a premissa nao me agradou la muito mas conseguiste ddeixar-me curioso... :) Adoro reviravoltas, livros de tirar o folego! :) SO nao me interessei pela historia ou pelo genero, neste momento nada de romances de epoca!! :) ahah

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  8. Para quem gosta de romances de época, realmente esta série é ótima! Fiquei apaixonada pelo Greg e do que ele fez para ter seu amor junto dele. Muito lindo... (suspiros aqui da minha parte)
    Aliás, aquele início do livro eu pirei, tive vontade de correr para o final para saber a resposta... kkkkk
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Oie...
    Acredita que não li nenhum dos volumes? Tenho uma baita vergonha de admitir isso kkkk...
    Já estava imaginando que muuuitos leitores iria passar por ressacas literárias com o fim da série, pois, é muito tempo de publicações de Julia Quin, né? E todos os exemplares aclamados :)
    Enfim, é uma série que ainda pretendo ler!

    ResponderExcluir
  10. Julia Quinn tem isso de deixar o leitor com um sorriso no rosto durante boa parte da leitura <3 Eu li os dois primeiros da serie, e foram livros que gostei muito, em especial do primeiro. Logo logo espero continuar lendo a serie, e gostar bastante desse também! Sua resenha ficou ótima!!! Já sei que irei me apaixonar pelo Gregory ♥♥

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem? Já ouvi falar muito bem desse livro, mas nunca tive oportunidade de ler. Depois de todos os comentários a respeito, é uma série que pretendo ler. Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Estou louca por essa série e fico feliz que tenha sino finalizada tão bem! Eu iria me desanimar totalmente se fosse o contrário!
    Já gostei do Gregory por ser um romântico e diferente dos mocinhos a que estamos habituadas nos romances de época!!
    Bjs

    ResponderExcluir