Resenha #103: O primeiro dia do resto da nossa vida

Título: O primeiro dia do resto da nossa vida
Autora: Kate Eberlen
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 432


Tess e Gus foram feitos um para o outro. Só que eles não se encontraram ainda.
E pode ser que nunca se encontrem... Tess sonha em ir para a universidade. Gus mal pode esperar para fugir do controle da família e descobrir sozinho o que realmente quer ser. Por um dia, nas férias, os caminhos desses dois jovens de 18 anos se cruzam antes que os dois retornem para casa e vejam que a vida nem sempre acontece como o planejado.
Ao longo dos dezesseis anos seguintes, traçando rumos diferentes, cada um vai descobrir os prazeres da juventude, enfrentar problemas familiares e encarar as dificuldades da vida adulta. Separados pela distância e pelo destino, tudo indica que é impossível que um dia eles se conheçam de verdade... ou será que não?
O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida narra duas trajetórias que se entrelaçam sem de fato se tocarem, fazendo o leitor se divertir, se emocionar e torcer o tempo todo por um encontro que pode nunca acontecer.

Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje venho falar de um livro que gostei muito e, que para mim, foi uma mistura de “Um dia, do David Nicholls e “Simplesmente Acontece, da Cecellia Ahern. O livro do qual estou falando é “O primeiro dia do resto da nossa vida” e foi uma leitura da qual gostei muito. Vem conferir um pouco mais da minha experiência literária!  Vocês perceberão que a resenha está em um formato um pouco diferente, mas, acredito que o que precisa ser dito sobre o enredo já está na sinopse.


“_ É engraçado, não é? – pergunta ela – Temos dicionários cheios de palavras incríveis, mas a única frase que os seres humanos inventaram para expressar sua paixão singular e infinita são quatro pequenas sílabas pequeninas e inadequadas.

Tess e Angus tem dezoito anos e se esbarram na Itália durante uma viagem de férias. São duas pessoas destinadas a ficarem juntas, mas, obviamente eles não sabem disso. O que eles não sabem também é que sua história é fadada a diversos desencontros ocasionados pelo destino.

Após a viagem em que se esbarram, mas não se conhecem, em 1998, acompanhamos a vida de nossos personagens até 2013. São quinze anos onde os mesmos passam por amores, desamores, perdas, descobertas de si mesmos... A vida que levam é triste, difícil. Nós, leitores, torcemos por uma melhora em seus destinos, ansiamos por coisas boas na vida dessas pessoas, mas, algumas vezes acompanhamos personagens passando por situações cada vez mais difíceis e desafiadoras.

Mais que uma história de amor, este livro fala sobre crescer, se construir, se amar e aprender a caminhar com as próprias pernas, mesmo em meio a adversidades. É sobre encarar um momento difícil de frente, ainda que nada esteja dando certo.


Tess vê seus planos indo por água abaixo quando precisa encarar uma nova e triste realidade, quando tem que lidar com problemas que não eram dela. Angus, em sua pressa de fugir do passado, de não ser mais alguém marcado por uma tragédia, toma decisões erradas, sem perceber que precisa resolver suas questões antes de qualquer mudança.


Através de um enredo fluido e bem desenvolvido, nos pegamos torcendo mais para que os personagens tomem decisões acertadas e por fim tomem um rumo na vida do que pelo encontro e romance em si.  Temos uma história repleta de personagens bem construído, com características humanas que fazem com que a trama tenha sentido.

 É como a vida real mesmo, sabe? Acompanhamos pessoas boas e ruins passando pela vida dos dois, mas, todas deixando sua marca e acrescentando algo em suas histórias.

Após tudo o que falei, eles realmente se encontram? Esse é um dos mistérios do livro. São vários desencontros e “quase encontros” ao decorrer do mesmo, mas, será que esse tão esperado encontro acontece mesmo? Vocês terão que ler para saber!

Esse é um livro com temáticas importantes sendo abordadas, onde aprendemos um pouco sobre o autismo, sobre consequências de nossas escolhas, construção do amor próprio e uma análise da vida, onde vemos que todos os momentos – bons ou ruins – fazem de nós o que somos, o que nos tornamos. Não é uma história sempre feliz ou triste, é uma história que se assemelha ao real, a vida em si, não sendo mais do mesmo e é por isso que deixo aqui esta indicação.

_ Como a teoria do caos. – Ele vira para me fitar. – Se uma única borboleta bater as asas do outro lado do planeta, desencadeia uma série de eventos que podem levar a um temporal...
_ Ou a um arco-íris – digo, porque não precisa ser algo ruim.

Espero que tenham gostado da resenha de hoje. Não deixem de comentar ok? Beijos e até o próximo post!


25 comentários:

  1. Olá
    As temáticas desse livro são realmente importantes e vale a pena conferir mesmo, porque é uma ótima história, pelo menos eu achei. adorei poder conferir suas impressões a respeito,, e as fotos complementaram muito bem sua postagem.Realmente, é uma mistura de um dia e simplesmente acontece.
    Beijos,Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. olá,
    antes de ler sua resenha olhei essa capa e pensei logo " me lembrou o livro um dia" foi começar a ler e: dito e feito, você citou a mesma coisa, e o pior que semelhança vai bem além da capa, os reencontros durante anos também são muito semelhantes, não sei se eu leria esse livro, não gostei de Um Dia, ou talvez eu tenha lido errado porque só vejo elogios sobre hahahaha

    ResponderExcluir
  3. Oi querida, como está?
    Já tinha lido uma resenha sobre esse livro e ela foi igualmente positiva. E confesso que a proposta dele é absurdamente diferente de tudo que já vi até agora. Um livro em que duas histórias totalmente distintas parecem não se cruzar, mas podem ou não fazê-lo, é muito interessante!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. A capa deste livro já me deixa curiosa, mas saber que traz o autismo como uma das abordagens, me deixou mais que interessada. Adorei a forma sensível que você descreveu o livro e as fotos fiocaram lindas, agregaram muito à resenha.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi!

    A capa desse livro é uma graça! A primeira vez que o vi tive vontade de comprá-lo só pela capa. Parece ser um livro muito interessante com toda essa temática de histórias distintas. O leria, com certeza! Suas fotos ficaram uma graça, resenhas bem elaboradas só atraem mais o leitor. Obrigada pela dica, está anotadíssima!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá amore,
    Vou começar pela capa que está lindíssima, e esse título é bem instigante.
    Adorei sua resenha e suas fotos, parabéns.
    Sua resenha foi muito clara e verdadeira, falta isso nos blogueiros a meu ver viu.
    Dica anotada!
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Polly, td bem?
    Adorei sua resenha, ainda estava com um pouco de dúvida sobre esse livro, mas vou adicionar na listinha sim *-* Mistura de Um Dia com Simplesmente acontece me deixou curiosa, haha. Parece ser o tipo de romance que gosto msm ;)
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi! Eu nunca tinha me interessado por esse livro por ter achado que era apenas mais um romance típico. Como "Simplesmente acontece" é meu livro favorito (e apesar de ter me decepcionado muito com "Um dia"), fiquei com bastante vontade e ler "O primeiro dia do resto da nossa vida". Ainda mais que eu sinto que estou em um momento de desencontros como os protagonistas! Beijinhos, Beatriz.

    www.odiariodeumaescritorainiciante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Adorei a proposta desse livro, pois acredito um pouco nessa ideia de que cada pessoa é destinada para outra, mesmo que demore muito e muitas outras pessoas entrem e saem de suas vidas, e que como você disse, isso seja essencial para moldar esses personagens de acordo com as experiências. Gostei do mistério do livro ser sobre esses personagens se encontrarem ou não, e ainda abordar temas tão importantes.
    Eu amei a sua resenha e agora estou curiosa para conferir essa história!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  10. Olá, só tenho ouvido coisas boas a respeito desse livro, mas o que me chamou atenção mesmo foi a proposta sabe? Eu amei essa coisa do depois do "felizes para sempre" porque essa é a vida real, como você mesmo fala. Bela resenha, pretendo ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
  11. Conheci o livro no encontro com a editora e, confesso não ter dado prioridade para a leitura dele. Não que o enredo não seja bom, como você mesma disse, trás uma boa história. Aliás, eu gosto quando o enredo de um livro pode muito bem ser real, contando a história de alguém. Isso me aproxima ainda mais do enredo. Mesmo com isso, não é um livro que eu vá ler no momento, mas quero ler sim.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Quando eu vi a capa desse livro eu simplesmente me apaixonei e decidi que eu queria porque queria ler ele. A sua resenha é a primeira que eu leio dessa história e adivinha só, aguçou ainda mais a minha curiosidade.
    Sua dica está devidamente anotada e espero em breve conseguir realizar a sua leitura.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  13. Oi!

    Eu tenho bastante duvidas sobre esse livro, porque eu vi bastante criticas desanimadoras, mas gostei de saber que esses temas abordados foram trabalhados, gosto quando isso acontece. Então provavelmente eu vou dar uma chance, mas não por agora. Preciso ainda ver mais opiniões haha

    parabéns pela resenha!

    bjs

    ResponderExcluir
  14. Eu li esse livro e achei que faltou muito desses quase encontros. Esperava que fossem acontecer durante todo o livro, mas a impressão que tive foi que a maior parte do tempo a vida dos protagonistas foi contada em separado, e foi o que mais me decepcionou. Não consegui gostar do Gus a maior parte do tempo, mas felizmente amei a Tess e a irmã dela, que achei que foi a melhor parte da obra. O livro aborda mesmo temáticas importantes, mas esperava mais da leitura.

    ResponderExcluir
  15. Olá,

    Achei a premissa do livro bem interessante, já que gosto muito dessas reviravoltas do destino. No entanto, fico um pouco temerosa com essas possibilidade de se encontrarem, porque sou muito ansiosa e ficaria vidrada no livro haha. Gostei das lições que a história passa e embora não vá dar uma chance no momento, pretendo ler futuramente com certeza.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?
    Quanta história e quanta reflexão de temas importantes este livro traz hein? Fiquei aqui imaginando como é fazer a leitura desse livro onde o autismo é trazido de uma maneira tão bela. A capa é um show a parte, faz um grande enredo ser transpassado para o leitor de uma forma magnifica.

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que estou com esse livro aqui parado faz alguns dias, porque estou muito desanimada para ler, sabe? Mas ler sua resenha me animou bastante, porque deu para perceber que é um belo romance e do jeito que eu gosto. Acho bacana essa coisa de desencontros e pelo visto o livro aborda assuntos bem interessantes. Enfim, espero gostar tanto da leitura quanto você.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Estou vendo muitos comentários positivos sobre essa obra, então estou com muita curiosidade em realizar essa leitura. Gostei de saber que parece uma coisa da vida real mesmo, acho que isso é muito importante para a gente sentir muito mais a história. Amei a sua resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Oi! No primeiro momento que eu vi esse livro no Skoob e analisei a resenha, coloquei imediatamente na lista de livros que quero ler , pois fiquei encantada. Sua resenha ficou muito bem feita e eu senti aquela proximidade com os personagens e aquele "Q" de realmente eu entendi a mensagem desse livro. Só em pensar que é uma mistura de Simplesmente acontece e Um dia , já me deixa mais animada ainda , pois amo esses dois livros. Beijos

    ResponderExcluir
  20. Olá! Tudo bem?
    Eu já tenho esse livro na minha lista de desejado, a capa e sinopse já haviam me conquistado. Sua resenha é a primeira que leio dele, e confesso que fiquei ainda mais animada com a leitura. Concordo com você quando disse que, não é mais do mesmo que sempre vemos. Gosto de histórias que se assemelham a realidade, que nem sempre é linda e perfeita, né!? Gostei muito da resenha, viu.

    Beijinhos!
    Jaqueline Silva - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Estou louca para ler esse livro e espero ler muito em breve.
    Adorei saber que a história é uma mistura desses dois livros, pois os amo demais. Também adorei saber que os momentos - sejam bons ou ruins - são os que fazem de nós quem nós somos, pois é a mais pura verdade.
    Legal o livro ser como a vida real.
    Claro que anotei a dica. Espero curtir como você.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  22. Oie, tudo bem??? Eu acho esse tema fantástico: duas pessoas que podem OU NÃO se cruzar com histórias de vidas completamente diferentes???É muito interessante! Toda resenha que vejo sobre o livro é positiva, e a capa é lindaaaa. Já quero e já torço pelo Angus e pela Tess. Bjosssss

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Oi Polly,
    tudo bem?
    Eu amo livros com temáticas assim, que tem algo a nos ensinar e que refletem a realidade.
    Já tem um tempinho que estou namorando esse livro (por causa da capa, confesso), mas depois da sua resenha não tem como eu não ler ele (preciso ler!).
    Obriga pela dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem? É engraçado como esses encontros e desencontros da vida acontecem de verdade e nos faz pensar em muitas coisas. Esse livro parece conter uma história linda mesmo e vou adiciona-lo a minha lista de leituras.
    Bjs

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?
    Eu acho esse livro muito lindo, capa e enredo. Morro de vontade de lê-lo e ver que você gostou me anima mais ainda. Fiquei bem curiosa pela trama e pelos protagonistas, parece ser uma história que me deixaria vidrada! ótima resenha.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir