Resenha #120: Um novo amanhã

Título: Um novo amanhã
AutoraNora Roberts
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 320


A tradicional pousada da cidade de Boonsboro já viveu tempos de guerra e paz, teve diversos donos e até sofreu com rumores de assombrações. Agora ela está sendo totalmente reformada, sob direção dos Montgomerys, que correm para realizar a grande reinauguração dentro do prazo. Beckett, o arquiteto da família, é um charmoso conquistador que passa a maior parte do tempo falando sobre obras, comendo pizza e bebendo cerveja com seus irmãos Ryder e Owen. Atarefado com a pousada, ultimamente nem tem desfrutado de uma vida social decente, mas pretende mudar logo isso para atrair a mulher por quem é apaixonado desde a adolescência.Depois de perder o marido na guerra e retornar para Boonsboro, Clare Brewster leva uma vida tranquila cuidando de sua livraria e dos três filhos. Velha amiga de Beckett, ela volta a se reaproximar dele ao ajudar nos preparativos da pousada. Em meio a essa apaixonante reconstrução, rodeados de amigos, Beckett e Clare passam a se conhecer melhor e começam a vislumbrar um futuro novo e promissor juntos. Neste primeiro livro da trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta o romântico Beckett Montgomery, que, ao buscar realizar o sonho de sua família, acaba deparando com um amor que pensava estar esquecido.

Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje é dia de resenha e esta é da nova colunista do Entre Livros e Personagens! A Ana está começando hoje, então espero que a recebam com muito carinho! O livro escolhido foi Um novo amanhã, da autora Nora Roberts, primeiro volume da trilogia A Pousada (que estou louca para conferir! Rs). Enfim! Esperamos que gostem da resenham mas, antes de mais nada, uma pequena apresentação!

Olá, sou a Ana Carolina, tenho 34 anos, sou casada e tenho um lindo menininho de dois anos, o Antônio. Compartilho com vocês essa paixão louca por livros e espero que vocês gostem das minhas resenhas. Grande Beijo!



“Algumas coisas foram feitas para durar. Elas precisam de cuidados, compreensão, respeito e muito, muito trabalho. Quaisquer que sejam as alterações, o coração resiste.”

Um Novo Amanhã é o primeiro livro da trilogia A Pousada e cada livro conta a história de um dos irmãos Montgomery. Estes são construtores e cada um exerce um papel na reconstrução da Pousada de BoonsBoro junto com sua mãe Justine, que tem a irmã Carolee como fiel escudeira.

Este é um romance contemporâneo, e nesse livro a história é centrada em Beckett Montgomery e Clare Brewster.

Beckett é o arquiteto, mas também ajuda seus irmãos na carpintaria e marcenaria, para que tudo saia do seu gosto e fiel aos seus desenhos.

Desde a adolescência sofre de uma paixonite por Clare, só que ela se casou muito cedo com Clint seu namorado desde os 15 anos, e como ele era militar, mudou bastante de cidades e com ele teve três filhos, Harry, Liam e Murphy. Clare estava grávida de poucas semanas de Murphy quando veio a notícia do falecimento de Clint e os dois mais velhos eram bem pequenos e decidiu voltar a BoonsBoro, para perto de seus pais e com a sua paixão por livros, abriu a livraria, Virando a Página.

Beckett e Clare se reaproximam e iniciam um namoro por parte descontraído, colocando várias crenças em xeque, dela e dele.










Um livro bem gostoso de ler, descompromissado, fluido, super clichê, com alguma ação somente no final, daqueles que termina  e a gente já quer logo saber o que vai acontecer no próximo.

O livro chega a ser bem descritivo, um pouco maçante, em alguns pontos, mas para quem gosta de arquitetura e design, como eu, é gostoso colocar a mente para trabalhar e imaginar a recepção, cozinha, escritório, e cada quarto da pousada que tem decoração, pintura, e até aroma próprio e nome...cada suíte é batizada com nome de um casal clássico da literatura , como, Elizabeth e Darcy. E álias, Elizabeth ou Lizzie, para Beckett, é a fantasma que habita esse quarto no terceiro andar, e confesso, quero saber mais sobre ela e espero que a autora tenha contado essa história nos livros seguintes.

"Beckett adorara a ideia da mãe de dar às suítes nomes de casais apaixonados da literatura que tiveram um final feliz. Ela tivera isso com todas, exceto com a da frente, que decidiu chamar de A Cobertura."

As crianças protagonizam grande  parte das cenas divertidas da trama, junto com a simpática e despojada amiga de Clare, Avery, dona da pizzaria da cidade, Vesta.

 Li algumas resenhas um tanto negativas sobre o livro, principalmente, pela parte descritiva e pela falta de ação, mas reitero, é um livro despretensioso para uma leitura despretensiosa.

Se você gosta de um romance gostoso de ler, clichê, que flui bem e que te deixa louco pela continuação, este é o seu livro. Fica aqui a recomendação!

Espero que tenham gostado da resenha. Não deixem de comentar ok? Beijos e até o próximo post!


25 comentários:

  1. Nunca li nada da Nora Roberts e tenho pensado em conhecer a escrita dela. Talvez o que te cansou nas descrições e tornou a leitura maçante pra ti, para mim, funcione, porque gosto de descrições. Vou anotar a dica.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Ivi!!!

      As descrições cansam um pouco, mas depois comecei a imaginar como seria e aí ficou mais fácil de ler essas partes!!!
      Obrigada pela visita!!
      Beijos!! Ana

      Excluir
    2. Bom dia Ivi!!

      Depois que comecei a imaginar, essas partes ficaram mais fáceis de ler!!! Obrigada pela visita!!!
      Beijos
      Ana

      Excluir
  2. Oiee ^^
    Eu cheguei a ler um livro da autora (só), mas não curti muito, principalmente da escrita da Nora, que eu achei um pouco maçante mesmo *-* não sou muito de ler clichês, apesar de ter lido muitos livros que eram parecidos com outros livros. Ainda assim, quero tentar novamente com as obras dela um dia... Um dia *-*
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Muito bem vinda! Eu nunca li nada da autora e o que já ouvi falar não a deixa com as melhores impressões. Gostaria de ter a oportunidade de ler algo dela e esse livro parece muito bom, gosto de parte descritivas e tem horas que nada é melhor que um bom clichê para sair de uma ressaca. Dica mais que anotada para as próximas leituras!
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Larissa!!

      Tenta sim, as vezes, tudo o que a gente precisa, é um bom clichê!!
      Obrigada pela visita,
      Beijos, Ana

      Excluir
  4. Olá amore,
    Quando era adolescente li alguns livros da NR e curti muito viu... faz tempo que não leio nada dela.
    Esse me cativou só pela capa... então anotei a dica aqui. E ao ler sua resenha fiquei ainda com mais vontade de ler. Me motivou ainda mais saber que é romance e clichê – já quero rsrsr.
    Beijokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Grazi!!!
      Que bom que vc gostou!!! Fico feliz!!! Também adorei a capa e já estou querendo os outros livros!!!
      Beijos, Ana

      Excluir
  5. Sou fã da escrita da Nora Roberts. Iniciei uma série e tenho dois ainda para ler, mas certamente acompanharei essa trilogia, também. Concordo, que algumas narrativas da autora são cansativas, mas nada que me desanime.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!!

      Eu gosto dela tbm!! Conhecei com o Quarteto de Noivas, vc já leu??
      Delicinha de leitura!!!
      Obrigada pela visita!
      Beijos, Ana

      Excluir
  6. Oie Ana!
    Bem vinda à Blogosfera, muito sucesso!
    Bem, da Nora Roberts li apenas o Quarteto de noivas e simplesmente amei todos os 4 livros. Essa trilogia eu já to doida pra conhecer, apesar de ter visto comentários diversos sobre.
    Essa parte de ser bem descritivo, confesso que algumas vezes me incomoda mesmo. Mas só ao ler, vou conseguir definir se vai ser maçante ou não.
    Bem, parabéns pela resenha e espero poder ler logo logo.
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaís!!
      Obrigada!!! Espero que todos gostem..principalmente a Polly!!kkk
      Eu tbm amei o Quarteto!! Super indico!!!
      Espero ler os outros logo para resenhar para vcs!!
      Beijos, Ana!

      Excluir
  7. Olá!
    Já tentei ler alguns livros dessa autora e não deu certo, mas tenho muita vontade de ler essa série. Acho muito bacana a leitura ser despretensiosa, clichê e fluído. A única coisa que não me agradou é que o livro é bastante descritivo. Essa característica, em excesso, deixa a leitura cansativa.
    Entretanto, acho que é uma obra que merece ser lida.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Bruna!!

      A parte descritiva incomoda menos quando a gente coloca a imaginação para funcionar e tentar visualizar tudo o que descrito, comigo isso funcionou. Mas, a descrição, não tira a beleza desse clichê!!!
      Beijos e obrigada pela visita!
      Ana

      Excluir
  8. Oie...
    Eu adoro os livros da Nora, me identifico muito com sua escrita e facilmente me envolvo com elas!
    Adorei saber tudo sobre o livro. A única coisa que me deixou com o pé atrás foi as descrições demais, esse fato quando exagerado acaba deixando a leitura maçante.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diane!!
      Tbm me identifico com a escrita, é bem fluída! Como já disse acima, a parte descritiva não tira a beleza e o romance do livro, pode ler sem medo!!!
      Beijos! Ana

      Excluir
  9. Olá,

    Confesso que não conhecia o livro, mas vejo que a autora está fazendo muito sucesso com suas obras. Infelizmente eu não gosto do gênero e prefiro não me arriscar a ler no momento para não ter uma péssima experiência!

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Polly, como está?
    Já conheço muita coisa da Nora Roberts embora eu não tenha lido nada dela até hoje, mas quero mudar isso embora eu admita que não saiba quando vou fazer isso porque minha lista tá cheia. Excelente resenha!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Renata!!! Tudo jóia!!
      Acrescenta na sua lista!!! Espero que goste!!
      Obrigada pelo elogio e pela visita!
      Beijos, Ana

      Excluir
  11. Oie
    Nora Roberts é uma autora que ainda não li nada e sempre vejo mil elogios, espero algum dia arriscar mas não sei se é bem meu estilo de leitura, não custa tenta não é mesmo? bela resenha

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Seja bem-vinda!
    Não conheço nenhum livro da Nora Roberts ainda. Mas como você disse, esse é mais para uma leitura descompromissada, e bem clichê. Do tipo que eu gosto após aquelas ressacas literárias em que não conseguimos ler nada.
    Boa resenha.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Nunca li nada da Nora Roberts, porque tenho a impressão que todos os seus livros são romances clichês, como você descreveu.
    Além disso, também não sou fã das cenas muito descritivas, como você mesma disse, se tornam maçantes e totalmente desnecessárias para a compreensão da história.
    De qualquer forma, parabéns pela resenha e obrigada pela dica!!

    Um beijoo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Assim como boa parte do pessoal aqui, não tive a oportunidade de ler nada da Nora Roberts ainda, mas pretendo começar justamente por esse trilogia por conta de algumas resenhas que eu li. Não ligo pelo clichê contanto que seja bem escrito hahah e gosto bastante de descrições, então acho que não vai ser um problema pra mim.
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir