Resenha #122: Quando a Bela domou a Fera

Título: Quando a Bela domou a Fera
AutorEloísa James
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 320


Eleito um dos dez melhores romances de 2011 pelo Library Journal, "Quando a Bela domou a Fera" é uma releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos.
Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.
Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas.
No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?

Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje é dia de resenha de romance de época e o livro da vez é Quando a Bela domou a Fera, da autora Eloísa James. O livro foi lançamento de março pela Editora Arqueiro e traz vários elementos novos nesse gênero que tanto amamos. Bora saber um pouco mais sobre ele?


 O livro nos conta a história de Linnet, uma bela mulher que chama a atenção por onde passa e que vive a sombra da imagem de sua mãe, vez que a mulher possuía uma reputação duvidosa perante a sociedade inglesa.

Com a reputação de sua genitora recaindo sobre si, um vestido de baile errado e um beijo flagrado no príncipe, Linnet vê sua reputação cair por terra, perdendo as esperanças de fazer um bom casamento com um nobre.

Qual seria a solução? Casá-la com o único conde que não se importaria com sua reputação nem com as más línguas inglesas. Quem seria este? Piers Yelvertonb, conde de Marchant, um homem sarcástico, de temperamento difícil e que possui o apelido de Fera junto à sociedade.

O que havia de belo em seu pai era bruto nele; seus olhos eram azuis, mas gelados, como um inverno rigoroso. Ele não parecia civilizado. Ninguém colocaria aquele rosto em uma moeda, romana ou qualquer outra. Ele parecia muito grosseiro... muito... muito feroz, percebeu ela de repente.

Este é um médico brilhante e não possui qualquer traquejo social. Pierre não pretende se casar com a moça já que o arranjo fora feito por seu pai, com quem não se dá bem.

_ Ah, mas eu acho que somos perfeitos um para o outro – disse ela, só para cutuca-lo.
_ Um médico totalmente maluco – esse sou eu – e uma beldade terrivelmente conveniente – essa é você –, mancando juntos rumo a uma vida de felicidade? Duvido muito. Você tem lido contos de fadas demais.

A junção de duas pessoas inteligentes e de personalidade forte, com objetivos diferentes e com uma química incrível nos rende uma deliciosa história de amor, onde nossos personagens testarão seus limites e sentimentos para que finalmente encontrem seus finais felizes.


Acho que deu para vocês perceberem por minhas resenhas aqui no blog o quanto gosto de romances de época e quantos deles já li, certo? Com isso em mente, acreditem em mim quando digo que este livro possui vários elementos distintos do que costumamos encontrar, quer ver só?

O personagem Pierre é um conde que não vive para frequentar salões de baile e ser libertino. Ele é um médico brilhante, manco e extremamente franco e mal humorado. Identificaram em qual personagem ele foi inspirado? Não? Conto para vocês: Doutor House!

Você não está lendo errado! Temos aqui um personagem de romance de época inspirado no House, com suas peculiaridades e genialidade. Ver um personagem como este em um romance de época é algo que sequer havia imaginado!

Agora, além disso, acrescente elementos de A Bela e a Fera (meu conto de fadas favorito) e um cenário que foge dos salões de baile e migra para um castelo em Gales que foi transformado em hospital.

Este é o pano de fundo de nossa história e cá entre nós? Rendeu um enredo maravilhoso!
Os personagens também nos ganham. Linnet é uma mocinha cheia de personalidade e de vontades, que não mede esforços para conseguir o que quer. Ela sabe se valer de sua beleza muitas vezes para tal intento.
Pierre é um homem cético, desconfiado, genial e que esconde um trauma do passado.

A união desses dois personagens em meio a farpas, confidências e superação de seus demônios pessoais conquistam o leitor. Ver os dois lidando com as marcas dos erros dos pais e tentando encontrar uma maneira de perdoá-los é maravilhoso de se ler. Os capítulos finais da história dos dois são incríveis!

Quanto a narrativa da autora, tive um pouco de dificuldade para entrar no ritmo de sua história nos primeiros capítulos, acredito eu por não conseguir imaginar bem alguém como o House inserido em um romance de época. A medida que a história foi tomando forma, acabei mergulhando na mesma e só a larguei quando terminei. Espero poder ler mais obras da autora em breve para tirar a prova dos nove: se foi a adaptação com o personagem que fez com que a leitura não fluísse tão bem no início ou a falta de costume com a narrativa da mesma.

Este é um romance de época com novos elementos, com um enredo delicioso de se ler, com personagens incríveis, sarcásticos, inteligentes e envolventes, que vão te ganhar a cada virar de página. Fica aqui minha recomendação, com a certeza de estar indicando uma história que a Julia Quinn também indica! Rs

Falando em Julia Quinn, quem leu o livro Um beijo inesquecível, vai identificar um certo livro que a personagem do romance de Eloísa estava lendo. Só acho que se ele está famoso entre nossas personagens literárias favoritas, devia ser escrito para que nós leitoras pudéssemos conhecer também! rs

Espero que tenham gostado da resenha e que não deixem de comentar ok? Beijos e até o próximo post!


22 comentários:

  1. Olá,

    Eu não tenho muita empatia com romances de época, mas achei a ideia desse livro bem legal. Infelizmente no momento deixarei a dica passar, pois eu pego ritmo de um livro logo no início e você disse que a escrita demora um pouco fluir, como é um gênero que não tenho muito costume de ler, tenho medo de ter uma experiência ruim, então vou aguardar o momento certo. Adorei sua resenha! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  2. Amei a forma como você descreveu o casal: duas pessoas inteligentes, fortes e com química. Pronto. Pra mim já é a definição certa de um livro perfeito de romance.
    Quero muito ler.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro, devo confessar, nem nunca tinha ouvido falar! :) ahah Agora, estes títulos de belas e feras não faltam, não e mesmo? hehehe

    Enfim, não parece o meu estilo de romance, mas ainda bem que gostaste, so e pena que tenhas sentido algumas dificuldades em engrenar...

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Polly

    Eu ainda não li o livro porque ele está bem carinho. Eu adorei o fato do personagem ser inspirado no House, pois eu amava o House! Hahaha Acho que eu vou adorar a Linnet também, ela tem o tipo de personalidade que curto nas mocinhas dos RE.
    Assim que eu encontrar o livro em promoção eu vou comprar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    Quero muito ler esse livro e sua resenha me anima mais ainda para isso.
    Nunca li nada da autora, mas já vi comentários de pessoas que amam sua escrita e de pessoas que nem fazem questão de ler mais nada dela. rsrsrs
    Quero tirar minhas conclusões e por gostar muito de A Bela e a Fera e esse livro fazer essa releitura e ainda trazer característica que com certeza me divertirão, me instigam mais e mais.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  6. Que fotos maravilhosas!!!!!
    Já ouvi falar nesse livro, mas não sabia que se tratava de um romance de época, e apesar de não ler muito esse gênero, foi o que mais me chamou atenção (além do título, haha).
    Adorei saber que tem novos elementos do gênero e quero descobrir quais são, então espero conseguir ler logo!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  7. Oiee, tudo bem? Adoro romances de época, mas não sou nada fã de releituras, então estou com medinho de não gostar desse livro. Mas AMEI isso de o personagem ser inspirado no House! Estou bem dividida entre ler e não ler o livro... quem sabe mais pra frente! Adorei a resenha <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Amei a resenha, ontem terminei uma série de romance de época e já estava sentindo falta desse gênero, resultado: não consegui me apegar a algum outro livro, então já estava procurando outro romance de época pra me apegar hahaha, preciso curar essa ressaca! Por isso amei a sua resenha e sua indicação, já vou logo procurar este livro. Beijosss.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Essa parece ser uma história deliciosa de se ler! E ainda "misturar" com elementos de A Bela e a Fera... com certeza é a receita certa para nos encantar né? haha Não lembro de ter lido outra resenha sobre esse livro, mas agora fiquei muito interessada, super vou colocar na minha lista de próximas leituras! Bjus!

    ResponderExcluir
  10. Estou ouvindo maravilhas sobre este livro. Já estou com muita vontade de conhecer mais sobre a obra, estou ansiosa para poder comprar o meu e ler de uma vez. Espero que assim como muitos por aí, eu também goste do livro.

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Eu amo releituras de contos de fadas e estou começando a me interessar por romances de época. Então, não preciso nem dizer que estou doida para ler este livro, né? hahaha
    Pelo que vi na sua resenha, parece ser uma leitura deliciosa. Adorei a descrição dos personagens, tenho a impressão que vou me apaixonar acompanhando o romance deste casal.
    Adorei sua resenha e fiquei ainda mais curiosa para ler o livro!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi,
    Já queria muito ler esse livro por todos os elogios que os fãs da autora tem feito a essa obra, mas essa história do personagem ter sido inspirado em Dr. House, meu médico da ficção favorito me deixou sedenta por essa leitura, como assim eu não sabia desse detalhe ainda, gente que bafão eu quero esse livro e quero pra ontem. Amei sua resenha, já estou indo ali dar uma pesquisada nos preços desse livro nos sites que costumo comprar.

    Beijos
    Delmara Silva

    ResponderExcluir
  13. Oi,

    Tudo bem? Estou realizando a leitura desse livro e estou gostando bastante. É realmente uma história de romance de época que traz coisas diferentes, principalmente aos que remetem as diferenças entre os personagens e as circunstâncias que os levaram a ficar juntos. Enfim, adorei a sua resenha. :D Não vejo a hora de terminar a leitura.

    bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    A construção desses dois personagens me instiga desde que saíram as primeiras resenhas. É muito difícil encontrarmos em romance personagens inteligentes igualmente e isso foi um ponto mega positivo em minha opinião. A única coisa ruim foi sua dificuldade de se envolver com a escrita, entretanto, isso é pequeno perto do quão bom esse livro parece ser.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Eu ainda não li nenhum romance de época, mas estou com muita vontade de ler, por isso estou selecionando vários e vê se eu consigo fluir com algum, porque eu não sou a maior fã de romances. Eu achei esse muito interessante por causa da inspiração em Bela e a Fera, que também é meu conto preferido! Com toda certeza vou colocá-lo na minha lista, obrigada pela dica!
    Beijos,
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  16. Oie! Tudo bem?

    Fico feliz que tenha gostado da leitura, mas infelizmente esse livro não despertou meu interesse para realizar a leitura, até li algumas resenhas sobre, mas minha opinião infelizmente continua igual!

    Bjss

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Amo romances e reconheço que esse tem elementos bem distintos!
    Mas por algum motivo não me senti curiosa por lê-lo. Já li outras resenhas sobre o livro com muitos comentários favoráveis, mas talvez seja apenas o momento, em que não consegui me identificar com a premissa, ao passo que amo romances de época.
    Mas obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  18. Hey!

    Esse livro é lindo né? Livros com o título também não estão faltando, né? Depois que saiu o filme geral correu atrás da literatura e, até agora, não me decepcionei com as obras que vi.

    Esse livro é maravilho, adorei a resenha, me despertou a vontade de ler mais 502196 vezes.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  19. Olá,
    Adorei as fotos e fiquei bem curiosa com a leitura, tenho lido excelentes comentários sobre a obra.
    Adoro quando um casal é forte e com química, acho que não precisa de mais nada né ?!
    Já anotei a dica e pretendo ler em breve.
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Confesso que a capa não chamou minha atenção NADINHA! não faz a cara da arqueiro, mas quando li a sua resenha... Que bacana inverterem a situação e se inspirarem em um personagem da atualidade! Inovaram pra caramba. Não conhecia a obra mas amo romances de época e sei que irei adorar.

    ResponderExcluir
  21. Gente, que loucura. Um romance de época que é uma releitura de A Bela e a Fera com o House no meio, aaaah eu adorei hahahaha. Não gosto de romances de época, nem ligo muito para A Bela e a Fera, mas não tem como negar que a mistura seja muito interessante, uma pena em algum momento isso não ter te agradado tanto assim.
    Não sei se leria, mas achei bem inovador e diferente dos romances de época por aí afora, adorei conhecer :De


    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  22. Eu não gosto de romances de épocas, porém amo a bela e a fera, na verdade hoje comecei a me aventurar no meu primeiro livro de época e espero gostar e se não fluir muito bem irei tentar fazer a leitura desse, talvez a semelhança com meu conto de fadas preferidos ajude.

    ResponderExcluir